segunda-feira, 4 de março de 2013

Recordações


Não se esfumam no tempo as recordações, muito menos deixam de estar presentes porque os dias avançam no calendário e as horas repetem ciclos no relógio. Não é o tempo que determina a intensidade ou a força dos sentimentos. Se assim fosse perder-se-iam na espuma dos dias momentos de imensa ternura, histórias de intensa paixão e de amores desmedidos. Fechar os olhos e deixar as memórias emergir pode ser a maior prova de amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário