domingo, 9 de fevereiro de 2014

Recomeço

Podia ter-te pedido para ficares, mas não o fiz. Deixei que partisses e fiquei, presa ao chão, a ver-te ir embora. Ainda olhaste para trás, mas não deixei que visses a dor que me consumia. Fingi uma determinação que não sentia e aguentei firme e estoicamente até te perder de vista. Não me lembro quanto tempo ali fiquei nem o que fiz a seguir. Tenho, porém, a certeza de que foi o recomeço mais difícil que alguma vez tive que experimentar. Sei que fui eu que te empurrei para fora da minha vida. Sei que foi das decisões mais árduas e sofridas que alguma vez tive que tomar. Sei porque o fiz. Fá-lo-ia de novo, ainda que tivesse que passar pelo mesmo tormento. Porque ser feliz não é parecer feliz.

Sem comentários:

Enviar um comentário