quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

A vida num sopro


Coincidentemente, ou talvez não, eis que após "A casa quieta", de Rodrigo Guedes de Carvalho, estou a descobrir, literariamente falando, outro jornalista, desta feita José Rodrigues dos Santos. "A vida num sopro" afigura-se, para já, mais cativante, não pela história, que me parece interessante, mas pela escrita, mais ao meu gosto.

"A casa quieta" gira em torno do incortonável destino que a todos nos espera: a morte. Todos nós já sentimos, em algum momento da nossa vida, a dor de perder alguém. Num mundo perfeito não seríamos obrigados a ter que suportar perdas que nos magoam de forma atroz. Mas num mundo imperfeito, este em que vivemos, podemos tentar ser melhores pessoas, valorizar a vida que temos e as pessoas que nos rodeiam. Colhemos o que semeamos.

Sem comentários:

Enviar um comentário