terça-feira, 9 de março de 2010

Há dias...


Há dias em que as dúvidas se sobrepõem às certezas.
Há dias em que o entusiasmo esmorece.
Há dias em que o ânimo se deixa cair em desânimo.
Há dias...
Será a culpa dessa coisa a que chamam estado de espírito? Que poder é esse que num momento te atira para o mais alto dos picos e, no instante seguinte, te derruba e te faz sentir como se carregasses o mundo às costas? Que poder tem, afinal, isso a que chamam estado de alma, que num dia é alegria, noutro tristeza, num dia é raiva, noutro desencanto? Como explicar que essa coisa possa mais que a tua vontade, te domine e controle? Grita, reage, não te fiques. Deixa o ardor que remói em lume brando no teu íntimo fazer chama. Deixa esse fogo arder e queimar essa coisa a que chamam estado de espírito para que não mais decida os dias em que deves estar feliz ou estar triste.

1 comentário:

  1. Olá, sublinho o que disseste. Mas é difícil combater o "enigma" Estados de Alma... é uma espécie de fantasma que nos assombra com tristeza e desânimo quando menos esperamos. Felizmente, tenho alguns anjos da guarda (talvez) que são mais poderosos e ajudam-me a "não me ficar" e a andar em frente. Gosto de pensar que é um anjo da guarda atento. Por enquanto tem tido uma boa influência e os meus estados de alma teimam em combater o cinzentismo, para me deixar cintilante e combativa. Vamos combater o cinzento das nossas vidas e espalhar o dourado do "Sol e as Estrelas"!

    BJ grande
    Angélica

    ResponderEliminar