segunda-feira, 22 de março de 2010

Teu mundo


Deixa-me entrar no teu mundo. Quero saber que lugar é esse onde te refugias, perceber que encantos encerra. Que buscas lá que eu não tenha, que não possa dar-te?
Deixa-me entrar e sentir a alegria que te faz sorrir, a dor que te magoa. Quero vibrar com o riso estrondoso da tua gargalhada e saborear o gosto salgado das tuas lágrimas.
Deixa-me entrar no teu mundo para que eu possa mostrar-te que tu és o meu mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário