quarta-feira, 21 de abril de 2010

Como se fora a primeira vez...


Sinto-me tocada pela emoção a cada (re)encontro com o rio, meu confidente em horas de melancolia
Ao contemplar essa beleza exposta perante o meu olhar, emudeço como se tivesse perdido a capacidade de me expressar, deixando-me inebriar por essa formosura que me é oferecida e que clama ser desfrutada
Deixo-me enfeitiçar pela claridade da manhã, pelo esplendor da tarde, pelo encanto do brilho da noite, reflectidos nessas águas
Como se fora a primeira vez

Este post foi publicado em simultâneo neste blog e em http://esposendeimagens.blogspot.com/

Texto - Alda Viana
Fotografia - João Octávio Meira

Sem comentários:

Enviar um comentário