terça-feira, 13 de abril de 2010

Sofrer por amor


Nada mais te resta do que recordações, lembranças que, à medida que o tempo vai passando, se vão desvanecendo mais e mais. O tempo tem esse apaziguador efeito de tornar cada vez menos presentes e dolorosas as memórias, esse fantasma que te acompanha os dias e ensombra as noites. Há muito que viraste a página dessa história que pensavas ser uma história de amor. Na ânsia de ser amado, cego de desejo, acreditaste que eras correspondido. Mera ilusão. Tremenda desilusão. Quem disse que os homens não sofrem por amor?

Sem comentários:

Enviar um comentário